Newsletter LARUS: Para receber o newsletter do instituto Larus, preencha os campos ao lado.  
   

Olá Amigos e Amigas do Larus......     É muito bom registrar suas visitas em nosso Site.                         Ajudem-nos a aprimorar este site, enviando sugestões e comentários......                  Aproveitem para ler notícias e artigos.....             É preciso conhecer a Natureza para defender a Vida, porque....  Ninguém Preserva o que não Conhece.  

 
     
 
» Pesquisa desvenda veneno do ornitorrinco - 25/01/10

No livro "The Nutmeg of Consolation", de Patrick O´Brian, o 14º de sua série de romances marítimos, a alegria escancarada do doutor Stephen Maturin por finalmente ver um ornitorrinco na Austrália é imediatamente diminuída pela dor incapacitante que ele sente quando é picado pelos esporões venenosos das patas traseiras do animal.

Maturin poderia ser perdoado se não soubesse que o ornitorrinco está entre os poucos mamíferos capazes de produzir veneno (no caso dos ornitorrincos, apenas os machos). Mesmo os que sabem sobre o veneno desse animal não conhecem muita coisa.

Agora, podem saber mais. Pesquisadores no Japão identificaram alguns dos elementos constituintes do veneno capazes de torná-lo tão doloroso.

Usando cromatografia líquida de alto desempenho e outras técnicas, Masaki Kita, da Universidade de Tsukuba, Daisuke Uemura, da Universidade de Nagoya, e colegas analisaram amostras de veneno e identificaram 12 peptídeos, pequenas cadeias de aminoácidos e elementos formadores das proteínas. Suas descobertas são relatadas no "The Journal of the American Chemical Society".

Em estudos laboratoriais anteriores, os pesquisadores descobriram que o veneno bruto fazia com que células nervosas em cultura absorvessem íons de cálcio lenta e continuamente. Isso deu uma ideia sobre como age o veneno, pois o fluxo de cálcio em células nervosas está relacionado à sensação de dor. Um dos peptídeos identificados, chamado de heptapeptide-1, mostrou aumentar sozinho o fluxo de íon de cálcio. Isso sugere que esse talvez seja o principal componente responsável pelo efeito do veneno.

Fonte: New York Times

 

Voltar
 
Jul 2016, 21
Jul 2016, 14
Jul 2016, 13
Mai 2016, 06
Fev 2016, 11
[+] mais artigos
 
home  |  o larus  |  notícias  |  artigos e publicações  |  projetos  |  contato
Copyright 2007 © Instituto Larus - Todos os direitos reservados.
Design & Code: Floripa 360°