Newsletter LARUS: Para receber o newsletter do instituto Larus, preencha os campos ao lado.  
   

Olá Amigos e Amigas do Larus......     É muito bom registrar suas visitas em nosso Site.                         Ajudem-nos a aprimorar este site, enviando sugestões e comentários......                  Aproveitem para ler notícias e artigos.....             É preciso conhecer a Natureza para defender a Vida, porque....  Ninguém Preserva o que não Conhece.  

 
     
 
»  - 01/07/10

A “zona morta” do Golfo do México, uma área submarina com pouco ou nenhum oxigênio, está maior que a média dos últimos anos, indica levantamento de cientistas apoiados pela Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera (Noaa, na sigla em inglês) dos Estados Unidos.

O bolsão, conhecido pelos especialistas como zona hipóxica do norte do Golfo do México, tem agora entre 17 mil e 20 mil quilômetros quadrados, ante 15,5 mil km² da média dos últimos cinco anos. O governo americano estabeleceu como meta reduzir a zona morta para menos de 5 mil km². A maior zona hipóxica já registrada no Golfo bateu nos 22 mil km².

A zona morta é resultado, via Rio Mississippi, do fluxo de nitrogênio (na forma de nitrato) de compostos usados na atividade agrícola. Os nutrientes estimulam a multiplicação exagerada de algas. As algas afundam, se decompõem e consomem nesse processo grande parte do fornecimento de oxigênio, indispensável para a sobrevivência de vários organismos marinhos.

Os especialistas ressaltam que não está claro qual será o impacto do vazamento de petróleo no tamanho da zona morta. “O óleo pode ampliar a dimensão da zona hipóxica por meio da ‘quebra’ no nível microbial do óleo, processo que consome oxigênio”, explica Eugene Turner, oceanógrafo da Universidade Estadual da Louisiana. “Mas o óleo também pode limitar o crescimento das algas, que são os combustíveis da hipóxia.”

“Mas já está claro que a combinação da zona hipóxica com o vazamento de petróleo não é positiva para a indústria pesqueira local”, conclui.

Fonte: G1

Voltar
 
Jul 2016, 21
Jul 2016, 14
Jul 2016, 13
Mai 2016, 06
Fev 2016, 11
[+] mais artigos
 
home  |  o larus  |  notícias  |  artigos e publicações  |  projetos  |  contato
Copyright 2007 © Instituto Larus - Todos os direitos reservados.
Design & Code: Floripa 360°