Newsletter LARUS: Para receber o newsletter do instituto Larus, preencha os campos ao lado.  
   

Olá Amigos e Amigas do Larus......     É muito bom registrar suas visitas em nosso Site.                         Ajudem-nos a aprimorar este site, enviando sugestões e comentários......                  Aproveitem para ler notícias e artigos.....             É preciso conhecer a Natureza para defender a Vida, porque....  Ninguém Preserva o que não Conhece.  

 
     
 
»  - 22/01/08
Os cavalos marinhos, caracterizados por sua fidelidade por toda a vida, "não são tão fiéis como se pensava, pelo menos em cativeiro", segundo um estudo da Faculdade de Veterinária da Universidade de Santiago de Compostela, na Espanha.

Esta é uma das conclusões da pesquisa sobre criação de cavalos marinhos em cativeiro realizada na região da Galícia. O estudo conseguiu "caracterizar pela primeira vez os marcadores genéticos de um cavalo marinho europeu", informou hoje a universidade em comunicado.

Este dado é muito útil para "avaliar o estado genético das populações selvagens" e para realizar análises de parentesco na espécie. A pesquisa também serviu para "obter informações sobre o comportamento de seleção de casal".

O comunicado lembra que as 33 espécies conhecidas deste peixe, "emblemático por ser o macho que fica grávido", estão protegidas "devido à adaptação que as populações estão sofrendo no meio natural".

O projeto Hippocampus tenta recuperar as populações selvagens que vivem no litoral de Espanha e Portugal com base na caracterização biológica populacional e sua criação em cativeiro.

Para isso, o grupo de pesquisadores definiu as condições biológicas e tecnológicas de cultivo mais adequadas para estas espécies de cavalo marinho, com base nas quais projetou um "aquário específico" e uma dieta baseada em artêmias (um tipo de crustáceo).

A pesquisadora Carmen Bouza afirmou que "as ferramentas genéticas" desenvolvidas serão "imprescindíveis" para o "traçado dos cruzamentos, evitando a consangüinidade" na reprodução em cativeiro, o que "pode ser útil" para o repovoamento em situações "eventualmente críticas" para os recursos naturais da espécie.


Fonte: EFE - publicado em jul/07

Voltar
 
Jul 2016, 21
Jul 2016, 14
Jul 2016, 13
Mai 2016, 06
Fev 2016, 11
[+] mais artigos
 
home  |  o larus  |  notícias  |  artigos e publicações  |  projetos  |  contato
Copyright 2007 © Instituto Larus - Todos os direitos reservados.
Design & Code: Floripa 360°