Newsletter LARUS: Para receber o newsletter do instituto Larus, preencha os campos ao lado.  
   

Olá Amigos e Amigas do Larus......     É muito bom registrar suas visitas em nosso Site.                         Ajudem-nos a aprimorar este site, enviando sugestões e comentários......                  Aproveitem para ler notícias e artigos.....             É preciso conhecer a Natureza para defender a Vida, porque....  Ninguém Preserva o que não Conhece.  

 
     
 
»  - 28/08/12

A agência espacial americana (Nasa) anunciou nesta segunda-feira (27) que o derretimento da camada de gelo do Oceano Ártico aumentou e bateu recorde de mais de 30 anos de medições feitas via satélite.

O tamanho da camada de gelo ocorrida no domingo (26) é o menor desde o início do monitoramento, em 1979, segundo o site da agência americana.

A última vez em que um degelo tão grande ocorreu foi em 18 de setembro de 2007, e ainda assim havia mais massa polar do que a registrada neste domingo.

A camada de gelo no Oceano Ártico chegou a 4,1 milhões de quilômetros quadrados, 70 mil a menos do que a medição em 2007, quando a extensão do gelo no Ártico era de 4,17 milhões de quilômetros quadrados.

A persistente perda de cobertura de gelo é preocupante e ocorreu mais cedo do que o previsto, apontam cientistas da agência. A previsão de pico de derretimento é o mês de setembro, aponta a Nasa. O degelo deve aumentar ainda mais nas próximas semanas, dizem os pesquisadores.

“Em 2007, estava mais quente [no Ártico]. Nós estamos perdendo a parte mais espessa da camada de gelo na região. Se você perde essa cobertura, o gelo fica muito mais vulnerável no verão”, afirmou o pesquisador sênior do centro de estudos espaciais Joey Comiso ao site da Nasa.

Fonte: Globo Natureza

Voltar
 
Jul 2016, 21
Jul 2016, 14
Jul 2016, 13
Mai 2016, 06
Fev 2016, 11
[+] mais artigos
 
home  |  o larus  |  notícias  |  artigos e publicações  |  projetos  |  contato
Copyright 2007 © Instituto Larus - Todos os direitos reservados.
Design & Code: Floripa 360°