Newsletter LARUS: Para receber o newsletter do instituto Larus, preencha os campos ao lado.  
   

Olá Amigos e Amigas do Larus......     É muito bom registrar suas visitas em nosso Site.                         Ajudem-nos a aprimorar este site, enviando sugestões e comentários......                  Aproveitem para ler notícias e artigos.....             É preciso conhecer a Natureza para defender a Vida, porque....  Ninguém Preserva o que não Conhece.  

 
     
 
» Barulho de barco deixa filhotes de peixes desorientados, diz estudo - 02/07/13

Uma pesquisa realizada por cientistas britânicos aponta que o barulho de barcos prejudica a orientação dos filhotes de peixes (chamados popularmente de alevinos) que habitam recifes de corais.

Segundo o estudo, conduzido na região da Polinésia Francesa por pesquisadores da Universidade de Bristol e da Universidade de Exeter, filhotes de peixes mostraram-se mais propensos a nadar para longe dos recifes quando ouviam barulho de embarcações.

Peixes e animais invertebrados produzem sons debaixo d’água ao bater nadadeiras e agitar o corpo, como forma de marcar território ou dar avisos, dizem cientistas. “Sons naturais sob as águas são usados pelos animais também para encontrar habitat adequado. Se este equilíbrio é quebrado pela passagem de barcos, locais como recifes de corais podem ser afetados”, disse a pesquisadora Sophie Holles, da Universidade de Bristol, em entrevista ao site da instituição.

A pesquisa usou experimentos de campo controlados, em que os filhotes (ou larvas) foram colocados em longos tubos de plástico próximos a corais. Os animais, na situação, poderiam nadar na direção de um alto-falante tocando diferentes tipos de som ou fugir dele.

Quando confrontados com o barulho ambiente, os animais espalhavam-se aleatoriamente pelo tubo. Ao tocar sons gravados previamente em um recife de corais, o alto-falante atraía os peixes, que nadavam em sua direção.

Já quando esse mesmo som era tocado junto com barulho de embarcação gravado, mais peixes fugiam do barulho e do alto-falante, apontam os pesquisadores. “Esta é uma das primeiras indicações de que a poluição sonora pode afetar o comportamento de orientação dos peixes”, afirmou o pesquisador Andy Radford.

“Existe uma evidência crescente de que deveria haver controle da atividade humana em áreas ambientais protegidas para reduzir o impacto que o barulho pode ter nos peixes”, completou Radford, em entrevista para o site da Universidade de Bristol.

Fonte: Globo Natureza

Voltar
 
Jul 2016, 21
Jul 2016, 14
Jul 2016, 13
Mai 2016, 06
Fev 2016, 11
[+] mais artigos
 
home  |  o larus  |  notícias  |  artigos e publicações  |  projetos  |  contato
Copyright 2007 © Instituto Larus - Todos os direitos reservados.
Design & Code: Floripa 360°