Newsletter LARUS: Para receber o newsletter do instituto Larus, preencha os campos ao lado.  
   

Olá Amigos e Amigas do Larus......     É muito bom registrar suas visitas em nosso Site.                         Ajudem-nos a aprimorar este site, enviando sugestões e comentários......                  Aproveitem para ler notícias e artigos.....             É preciso conhecer a Natureza para defender a Vida, porque....  Ninguém Preserva o que não Conhece.  

 
     
 
»  - 09/09/14

O camarão gigante que havia sido capturado na semana passada, por um pescador na Flórida, Estados Unidos, foi analisado por cientistas. Os especialistas confirmaram a hipótese de que o animal seria uma tamarutaca, e não um camarão. As informações são do site IFL Science.

Segundo a publicação, tamarutaca, ou “camarão mantis”, é o nome popular dado ao crustáceo marinho Gonodactylus smithii. Embora seja parecido com um camarão, esse animal pertence à classe Stomatopoda e, na realidade, se alimenta de camarões.

De acordo com o professor de biologia interativa da Universidade da Califórnia, Roy Caldwell, que identificou o animal, esse crustáceo é um predador marinho, conhecido pelas suas grandes garras.

“Eles podem viver por até 30 anos e alcançam, em média, 38 centímetros de comprimento”, disse ele. O animal encontrado pelo pescador, na última quinta-feira, tinha 45 centímetros de comprimento, ou seja, a descoberta ainda trata de um animal que possui um tamanho acima da média para sua espécie.

Também chamada de “boxeador”, a tamarutaca é veloz e seu soco pode atingir uma velocidade máxima de 80 quilômetros por hora, dentro da água.

Fonte: Terra

Voltar
 
Jul 2016, 21
Jul 2016, 14
Jul 2016, 13
Mai 2016, 06
Fev 2016, 11
[+] mais artigos
 
home  |  o larus  |  notícias  |  artigos e publicações  |  projetos  |  contato
Copyright 2007 © Instituto Larus - Todos os direitos reservados.
Design & Code: Floripa 360°